• Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

ONU DISPONIBILIZA O MANUAL GHS

E-mail Imprimir PDF
A ONU disponibilizou um link para acesso ao Manual GHS atualizado - Versão 2009 - 3ª revisão (somente em Inglês).

Entenda o que é GHS:

Em todo o mundo, existem diferentes sistemas de classificação e rotulagem de produtos químicos. Consequentemente, a mesma substância pode ser classificada simultaneamente como tóxica, não perigosa ou nociva para a saúde - dependendo do país em que a classificação foi feita.

O GHS (Globally Harmonised System of Classification and Labelling) foi desenvolvido pela ONU com o objetivo de harmonizar esses sistemas.

O GHS introduz um conjunto de critérios globalmente harmonizados para a classificação de riscos físicos, perigos para a saúde, e riscos ambientais.

Além disso, o GHS estabelece um esquema globalmente harmonizado para a comunicação de riscos. Isto implica na introdução ou modificação de: · classificações de riscos, · pictogramas de perigos, · palavras de advertência, · frases de perigo e · frases de precaução.

Com o GHS, haverá um aumento significativo da saúde e segurança ocupacional, assim como a segurança durante o manuseio dos produtos químicos. Desta forma, o GHS contribuirá para melhorar a segurança, a saúde e as medidas de proteção ambiental à nível global.

A implicação do GHS no Brasil

Hoje alguns países possuem legislações específicas para a classificação de produtos químicos. Isso faz com que o mesmo produto seja classificado de forma diferente em diferentes países e exige uma nova classificação e rotulagem de produtos para que estes sejam comercializados de um país para outro. No entanto, essas diferenças causam problemas ainda maiores em países sem uma legislação própria, como é o caso do Brasil.

Como não temos uma norma específica, os produtos químicos que chegam ao Brasil se mantêm com os dados originais do país aonde foram produzidos. Isso significa que nossas indústrias recebem produtos químicos iguais classificados de formas diferentes e, frequentemente, com símbolos de alerta diferentes no rótulo.

A idéia desta padronização é eliminar estas diferenças trazendo mais segurança ao trabalhador, aos consumidores e ao meio ambiente. Como o GHS é uma criação da Organização das Nações Unidas (ONU), todos os países associados a esta deverão adotar a norma. No entanto, não existe uma data limite definida para isso.

No Brasil, a adoção do GHS já está bastante adiantada e será feita através de normas publicadas pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Já na União Européia, o GHS começa a valer agora em 2009, mas se tornará obrigatório apenas no final de 2010 (para substâncias químicas isoladas). Durante este intervalo as empresas poderão utilizar a antiga forma de classificação de produtos ou o GHS.

Ao acessar a pagina do site vocês devem abrir todos os arquivos em PDF (total de 15 arquivos) e salvar todos em uma pasta, para que o Manual fique completo.

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O SITE DA ONU


FONTE: Grupo DGR Slotter e site da Merk Chemicals
 

Login

Busca

banner.jpg

Newsletter