• Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Polícia Militar Rodoviária capacita policiais para operação com drones

E-mail Imprimir PDF

Os policiais militares vão utilizar drones para monitorar rodovias e combater tráfico em MS

Efetivo da Polícia Militar Rodoviária (PMR) participou nesta semana, de treinamento com Aeronave Remotamente Pilotada (ARP), popularmente conhecida como drone. Foram utilizados equipamentos de classe 3, categoria de peso máximo de decolagem inferior a 25 quilogramas.

Segundo a PMR, o objetivo do treinamento é de oferecer habilitação necessária para que possam pilotar com segurança o equipamento e os softwares associados, visando futura implantação desta ferramenta no cumprimento de missões operacionais nas rodovias estaduais de MS.

O treinamento tratou das normas aeronáuticas que regulamentam a operação dos ARPs no Brasil, principalmente aquelas ligadas à habilitação dos operadores; as regras da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) e normas de operação de ARPs estabelecidas pelo DECEA (Departamento de Controle do Espaço Aéreo) e pela ANATEL (Agência Nacional Telecomunicações); à certificação dos equipamentos e à autorização do uso do espaço aéreo, no que tange ao uso civil e pelos órgãos de segurança pública.

A PMR está em fase final de implantação do policiamento ostensivo rodoviário por videomonitoramento, que irá ampliar a capacidade de controle das vias estaduais e promover segurança a seus usuários. Os drones auxiliarão no atendimento de acidentes de trânsito em locais de difícil acesso e na elaboração de croquis, no monitoramento de acidentes e desastres envolvendo produtos perigosos, na fiscalização de trânsito e na repressão aos ilícitos, principalmente na região de fronteira, dentre vária outras atividades.

O projeto inicial atenderá às Bases Operacionais de Dourados, Bonito e Nova Andradina, com posterior expansão para outras bases operacionais.

O Comandante-Geral da Polícia Militar do Estado Mato Grosso do Sul, Coronel PM Waldir Ribeiro Acosta, destacou que "a Corporação tem investido no uso de tecnologia para ampliar sua capacidade operacional e tornar-se mais eficaz na busca da paz social e as aeronaves remotamente pilotadas já são utilizadas no policiamento ostensivo rodoviário em polícias de todo o mundo com resultados extremamente positivos".

Fonte: SIte Emfoque/MS

 

Login

Busca

banner.jpg

Newsletter