• Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Veículos do Mercosul terão mesma placa a partir de 2016

E-mail Imprimir PDF

O Conselho do Mercado Comum do Mercosul (bloco integrado por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai) decidiu nesta quinta-feira (16) que todos os veículos dos quatro países terão suas placas padronizadas a partir de 2016.

O conselho é integrado por ministros das Relações Exteriores dos quatro países do bloco, que se reuniram durante a cúpula dos presidentes Mercosul, realizada em Foz do Iguaçu (PR). O encontro teve ainda a presença dos presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, Cristina Kirchner (Argentina), Fernando Lugo (Paraguai) e José Mujica (Uruguai).

As novas placas brasileiras, argentinas, paraguaias e uruguaias serão padronizadas, com o símbolo do Mercosul. A numeração, no entanto, continuará a ser determinada pelas autoridades de trânsito de cada um dos países, segundo comunicado do Itamaraty (Ministério das Relações Exteriores).

Os primeiros veículos a receber o novo emplacamento, em 2016, serão os ônibus e caminhões que atravessam com frequência as fronteiras e hoje já possuem o Certificado de Inspeção Técnica Veicular (CITV). O documento facilita a fiscalização nas estradas dos quatro países da região.

A partir de 2018, todos os carros de Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai receberão as novas placas.

A União Europeia, bloco de 27 países que serve de modelo para a integração do Mercosul, já tem as placas de seus carros padronizadas desde 1998.

Medida tem caráter simbólico e fiscalizatório 

Segundo a nota do Itamaraty, a padronização das placas “tende a aumentar a segurança jurídica dos deslocamentos” fora do país de origem do veículo, “ao aprimorar o controle por parte das autoridades locais”.

A nota diz ainda que a unificação das placas terá um “caráter simbólico”, em “razão da importância do transporte rodoviário em todos os países do bloco”.

Fonte: NTC & Logística e Site R7.

voltar

 

Login

Busca

banner.jpg

Newsletter